quinta-feira, 19 de março de 2015

Como você faria um novo [{JOGO}]?


Olá!

Bem vindos ao mais novo quadro semanal do VirtualSword.
Como o título do post sugere, a proposta desse quadro é na verdade bem simples: se você pudesse comandar o desenvolvimento de um novo jogo, onde você tem total liberdade para implementar novas idéias ou mecânicas, como ele ficaria?
Em outras palavras, aqui, nós damos Poderes de Desenvolvedor Supremo, para que você também opine junto conosco, como você criaria o tal jogo?

Pretendemos falar aqui sobre diversos tipos de jogos de todos os gêneros.
Mas, a coisa não será bagunçada não, pois para não comprometer a competência e o conteúdo do post criamos algumas regras, que nada mais servem para organizar nossas inúmeras ideias.
Vamos listar as nossas regras, e então explicar rapidamente como cada uma funciona - e o por que:


  • Regra 1 - Não fugiras do conceito original da série de games.
    • Se você se propôs a criar um novo New Super Mario, por exemplo, você terá de se ater ao conceito original da série de games, não transforma-lo num Mario Galaxy ou qualquer outra coisa.
      Isso também vale para o caso de tornar o jogo um "híbrido" - adicionando demasiadamente elementos de outros gêneros que podem distorcer, mesmo que não totalmente, o cerne do jogo original.
  • Regra 2 - Não fugiras do contexto original da série de games.
    • Não adianta querer inserir Sonic do universo de Mario, pois ai a contextualização do jogo é que fica comprometida.
      Então, nada de CrossOvers. Outra distorção de enredo negada é a criação de personagens/eventos significativos demais para a história. A intenção não é criar enredos super mirabolantes, coisas que dificilmente veríamos em uma sequência real de tal game.. nem fugir demais do conceito de personagem... como um Sonic calminho, um Megaman terrorista, um Link tagarela...vocês entenderam não? Tudo para preservar o bom senso!
  • Regra 3 - Não fugiras do design original da série de games.
    • Como assim? Imagina criar um novo jogo de Sonic com design super realista-humanoide? Ou um Super Mario em estilo anime? Sim, aqui controlamos a estética, o visual, a capa, o design visível do jogo. A regra é respeitar a identidade visual do jogo sem inventar mudanças drásticas demais, que fogem totalmente do padrão da série. Porém, existem jogos que possuem estilos visuais variados em essência, como a série Zelda, onde um jogo segue uma linha mais realista, e outra mais cartunesca. Nesses casos, devemos utilizar os mesmos parâmetros pensados ao gerar o novo traço visual.
      O que não pode, é ficar bizarro ou esquisito demais.
      Não a pornografia, apologias ou outras coisas incabíveis ao estilo original.

Nós pretendemos trazer esse conteúdo semanalmente.
Mas, queremos que esse projeto se estenda também aos nosso leitores! Sim!
Queremos que você também nos envie suas idéias para novos jogos, pois pretendemos publicar suas histórias por aqui também!

É essa interação com nossos leitores, compartilhando boas ideias e temáticas, que nós queremos criar.
Pois quando nós apreciamos muito uma coisa, e consumimos constantemente, nossos gostos ficam tão apurados que passamos a querer analisar, palpitar e até mesmo criar nosso próprio conteúdo!

Tanto na área da música, quando nos quadrinhos, filmes ou jogos, quanto mais você gosta, acompanha e se aprofunda nessa área, é natural que nosso instinto nos induza a querer produzir, e aqui, queremos dar azas a esse instinto.

Afinal, já que talvez não possamos fazer aquilo que queremos, por diversos motivos, que tal não deixar isso passar? bora escrever! Pelo menos por enquanto, sonhar não custa nada né? xD

Espero vocês logo mais com o primeiro post dessa nova empreitada.
Se tiverem ideias ou qualquer objeção, deixem nos comentários.
Um abraço a todos e beijo no cérebro!
Fernando Augusto Pereira Web Developer

Como todo desenvolvedor de softwares, com pouco auto-estima, vejo nos videogames algo que a vida real não mostra. Jogador veterano de Monster Hunter, RPGista entusiasta, e meio barulhento quando o assunto é Fighting Games, um ser vivo que consegue desperdiçar seu valioso tempo da melhor forma possível. O que como? Onde durmo? Daonde tira tantas ideias idiotas? Hoje, no Globo Reporter!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...