segunda-feira, 27 de maio de 2013

[Joguei e Gostei] New Super Mario Bros. 2 - Final Post


Essa foto foi tirada por mim do game Original.
Diga não a pirataria o.O
Bom, terminei de jogar o game NSMB2, e tenho ainda mais algumas coisas a comentar sobre o mesmo. Não só por que foi o 1º game a fechar no Nintendo 3DS, mas por que realmente, tais jogos me dão muito assunto pra comentar.
Graças a esta nova aquisição, e os jogos que compõe a saudosa biblioteca da Nintendo, terei muito combustível pra queimar aqui no Blog. Então, fiquem ligados^^.

Bem, enquanto jogava pude notar pontos fortes e fracos logo de cara.
Neste game, as coisas parecem ser bem nítidas, tudo é muito claro e óbvio. As mecânicas são bastante precisas, as cores são bem vivas, e o mundo esta tão bonito quando poderia. Tudo na mesma, a não ser pelo fato de termos um adicional que da razão para o jogo existir - uma sequencia - algo que New Super Mario Bros. não pode abranger em sua proposta.. Sim, coletar moedas. Muitas coisas no mundo de Mario, neste jogo, agora funcionam de acordo com este objetivo.

Em primeira instância, percebemos uma dificuldade bem simples e fácil, para as primeiras vezes que alguém pega o 3DS na mão e tenta se acostumar com os controles junto com o jogo, isso é muito bem vindo.
Conforme você vai sendo introduzido no mundo de Mario, alguns elementos vão ficando cada vez mais  presentes e deixando uma marca positiva ao título.
Quer um exemplo? nas primeiras fazes você vai se habituando aos tipos de inimigos, ao design das fazes, desenvolvido para te dar a liberdade de exploração e coleta de moedas, e aos mini-games bem posicionados em cada uma delas. Passando pela segunda e terceira fazes, nota que o padrão já é bem claro - cada faze tem as 3 Star-Coins (escondidas ou de varias formas posicionadas em áreas de difícil acesso), um "Gold Ring", ou Argolas Douradas como costumo chamar, que quando você toca, transforma todos os inimigos do cenário em ouro, e as "Red Ring" - que fazem aparecer no cenário 8 moedas vermelhas, que quando coletadas em um determinado tempo, podem te dar um prêmio.
Mas falando sobre as "Argolas Dourada", o fato de transformar tudo em outro dá aos inimigos da tela outra característica peculiar e unica, além de ficarem dourados e brilhando. Eles geram moedas. Como?
Exemplo: você pega uma Argola Dourada. O cenário se enche de brilhos e relances de feixes dourados - os inimigos ficam dourados. Você pisa numa Tartaruga, e chuta seu casco, por onde ela passar, sairá um rastro de moedas. Ou, até mesmo as plantas carnívoras, ao destruí-las, o cano onde se encontram jorra moedas. Até as Tartarugas que arremessam Marretas ou Bumerangues, passam a lançar moedas em sua direção.
Argolas Douradas estão presentes em muitas fazes (você pode esbarrar em mais de uma por tela) e rendem ótimas quantias de dinheiro.
Isso nos faz pensar em rápidas formas de aproveitar o tempo de "transformação em ouro" para usar os elementos da faze a nosso favor. Enriquece muito a diversão.

Outro belo atrativo inicial é o bloco que transforma a cabeça do Mario em um "Bloco de Ouro". Conforme você se movimenta, ele gera moedas também. Como? Quanto mais rápido Mario se movimentar, melhor. Isso nos faz também formar rotas no meio da faze, de forma até inesperada, passando o mais rápido possível por onde estiver. Quanto maior a velocidade ou movimentação, mais moedas saem da cabeça de Mario. Por exemplo, saltando alto ou mesmo caindo de boas alturas. Correr sobre planícies mais livres ou saltar após esmagar um inimigo. Esse PowerUp torna também fazes talvez um pouco batidas, em verdadeiros playgrounds nas mãos de jogadores criativos.

Ao passar pelo primeiro Boss, ou "Castle" do jogo, vai notar uma grande, IMENSA e até assustadora facilidade.
Mas relaxa, depois, quando você passar pelo segundo, e terceiro, vai ficando mais fácil. Sim, são ridiculamente fáceis! Acho que uma tartaruga com asas é mais perigosa do que os Filhos do Bowser. Não sei exatamente o por que, acho que não morri nenhuma vez num Boss (a não se no ultimo). As "Fortress" ou Fortalezas, tendo como guardiões as bestas rinocerônticas de Bowser também estão presentes, e são fáceis. Só.
Bem, no geral qualquer pessoa com um grau de aprendizado razoável, vai se adaptar ao jogo, de forma muito fácil e rápida, e sem a menor duvida zera-lo na primeira oportunidade. Claro, fator tempo e distração também influenciam, mas essa característica de facilidade e diversão realmente te dão um gostinho de "eh..foi bom..". Só isso. Mas o legal é que a Nintendo realmente fez o game com este objetivo. Não é pra ser um título marcante, divisor de águas (até por que não é xD) ou que vai muito além, onde nenhum game do Mario já foi. Ele foi realmente feito para DIVERTIR, e dar um saborzinho de jogo antigo rodando num console novo, com todas as qualidades (e possíveis defeitos) da nova geração.
Mas claro, algo que agrade a gregos e troianos, novos e velhos jogadores. Mas por ser de certa forma genérico neste aspecto, para não fugir muito da proposta original de Mario, fica a desejar. Mesmo você sabendo que não deveria esperar tanta coisa dele - tudo é muito claro.
Um Side-Scroll plataforma, com a receita de bolo da Nintendo com os elementos de Super Mario, rodando num ambiente graficamente bonito, "3D" e redesenhado.
Só isso.

Já que o jogo de fato, não é muito grande, apesar de seu rico conteúdo, vamos falar do fator Re-Play.
Após terminar o game inicialmente, resta então a tarefa de coletar todas as Star-Coins do jogo. Realmente não é uma tarefa muito legal de cara a se fazer.
Mas quando você a faz, realmente jogando a faze com calma, lá com as suas mais de 120 vidas, morrendo á vontade e arriscando tudo, o game tem sim um bom fator Re-Play. Até por que isso revela novos mundos, fazes e caminhos que você ou não teve tempo/vontade de seguir, ou passou batido mesmo.
Coisas novas no "Novo" estilo de Mario são sim bem-vindas.
Em resumo, pra quem quer jogar um estilo contemporâneo de Mario, com o ar da graça de um gráfico bonito e bem detalhista, esta é a melhor pedida.
Só que, se você acabou de botar as mãos um 3DS novo, e quer ver todo o poder dele dentro de um game tão inovador quanto a proposta do portátil, pegue um outro game. Recomendo Super Mario 3D Land - que da uma recepção um pouco mais conveniente do jogador de Mario a nova plataforma.
Certo?

Espero que tenham gostado do jogo de hoje. Aliás, em breve farei mais uma análise - vem a caminho Super Mario 3D Land, o tão afamado híbrido de Super Mario Word e Mario 64.
Um Abraço a todos, e até a próxima!
Fernando Augusto Pereira Web Developer

Como todo desenvolvedor de softwares, com pouco auto-estima, vejo nos videogames algo que a vida real não mostra. Jogador veterano de Monster Hunter, RPGista entusiasta, e meio barulhento quando o assunto é Fighting Games, um ser vivo que consegue desperdiçar seu valioso tempo da melhor forma possível. O que como? Onde durmo? Daonde tira tantas ideias idiotas? Hoje, no Globo Reporter!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...